30/10/21

Desafio nº 255

Toda a gente sabe a que temperatura ferve a água. 
Mas... e o amor? O amor pode ser tão, mas tão ardente, 
que se evapora instantaneamente? 


E o que acontece com outras emoções – raiva, tristeza, ciúme? Solidificam por muito tempo ou acabam por se fundir ou mesmo evaporar? 

Pensem sobre isto e escrevam o vosso texto em 77 palavras. 

 

Aqui têm o meu: 

– Tens mesmo a certeza? 

– Claro que tenho! Era uma nuvem em forma de coração!

– Mas então, significa que o amor pode passar para o estado gasoso?

– Claro! É isso que estou a tentar explicar-te há meia hora.

– Tu achas que essa nuvem está diretamente relacionada com aquele iceberg em forma de coração? Sublimação progressiva?

– Evidentemente! Com o aumento repentino da temperatura, assistimos a uma inacreditável volatilização do amor. 

– Ui, então esta chuva matutina é o amor condensado?

Paula Isidoro, 40 anos, Salamanca

Desafio nº 255 – temperatura e fervura