22 maio 2016

O revisor

Como todos os dias de manhã, Laura apanhava o metro para o trabalho e o revisor pedia os bilhetes a toda a gente, mas ele nunca lhe pedia o bilhete. Ela estava muito surpreendida e queria mesmo mostrar o bilhete, mas ele não a deixava. Num desses dias houve uma conversa. Ele revelou que estava enamorado dela, que o seu rosto era puro e confiável que não necessitava ver o seu bilhete. Ele estava loucamente enamorado dela.

María Rodríguez Moríñigo, 19 años, Salamanca, prof Paula Pessanha Isidoro

Desafio Escritiva nº 5 – cruzar comboios

Sem comentários:

Enviar um comentário