13 julho 2016

Romancear

Benquerer sem refletir, despeito sem produto feliz?
Devemos, por tudo, com o interior ereto e pleno, esse mérito retribuir.
Tendo com objetivo Deus nos envolvendo e nos construindo sempre...
Oferecer o que recebemos em estrondo, extenso, frouxo e generoso...
Um enorme bem no centro de nós surge!
Eclodimos vivos e muito felizes com o crescer do sentimento em nosso ser,
Cedemos novos rumos, embevecidos...
Plenos, envoltos de todo gozo possível no sentimento enorme que surgiu no horizonte.
Rosélia Bezerra, 61 anos, Rio de Janeiro, Brasil

2 comentários:

  1. Boa Tarde, querida Margarida!
    Obrigada pela gentileza de ter postado...
    Bjm muito fraterno

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um grande beijinho, Rosélia, é sempre um prazer

      Eliminar