11 outubro 2016

O Poço dos desejos

Um coelhinho preto,
Peludo e fofinho,
No seu rumo,
O poço dos desejos encontrou

E o coelhinho desejou
Ter legumes verdes e deliciosos
Nesse preciso momento

E comeu-os todos
“Que delicioso”, pensou ele
O coelho preto, peludo
E fofinho, quero dizer,
O coelho bem gordinho
Foi um guloso!

E o coelho lembrou-se:
“Pró meu refúgio vou
Ou o Lobo come-me inteiro!”

E o imprevisto sucedeu-se:
Infelizmente, no seu último pulo,
deu nos dentes do Lobo
Pobre coelho!
Pedro Meira, 6ºJ, EB José Maria dos Santos, Pinhal Novo, prof. Teresa Meireles

Desafio nº 37 – uma história sem usar a letra A

Sem comentários:

Enviar um comentário