30 janeiro 2017

Esperança do Céu

Não ter aversão ao erro é uma incoerência ao sentir-se livre do perigo. Ser vagaroso para com a cortesia é loucura.
Confiar na própria justiça é estar preparado para a vergonha. Destrói-se, o fraco no dever maior do grande ensinador.
Recordações sagradas fazem o cansaço esquecido quando a guerra termina. A fé enobrece o ânimo.
O arquiteto do Céu é doador de todos os bens. Porém, não se pode procrastinar a verdade que ilumina os corações.
Renata Diniz, 40 anos - Itaúna/Brasil

Desafio nº 115 – frase de Valter Hugo Mãe

2 comentários: