15 fevereiro 2017

A noite

A noite é uma morte dourada sobre o mar. É o aproximar das trevas, da solidão, da dor e das más recordações.
O telefone ecoa através do escuro, arrancando a nossa alma de um sono sobressaltado e aflitivo.
As más notícias vêm sempre a coberto da escuridão, deixando-nos sem ar, sem luz, e sem um amanhã radioso.
Partiste de noite, sem aviso, sem despedidas, mas com a certeza de que ao acordarmos, estaríamos num amanhecer sem pôr-do-sol.

Manuela Branco, 60 anos, Lisboa
Desafio nº 115 – frase de Valter Hugo Mãe

Sem comentários:

Enviar um comentário