11 março 2017

Emília Simões ― desafio RS nº 47

Atrapalhação e solidão características que o místico bárbaro sem o dedo mindinho apresentava. Era o primeiro de quatro irmãos, todos honestos. Estava falido, mas passeava-se no
seu grande jaguar que sem hesitação exibia. Impossível entendê-lo. Cometera um crime, porque a velha varejeira o espicaçara. Esta, muito vaidosa, usava um xaile com um urso bordado, difícil de terminar. Apesar de uma zanga, ocultada nas sombras, a sua rival acendeu a lamparina e a troco de uma nota acabou-o.
Emília Simões, 65 anos, Mem-Martins (Algueirão)

2 comentários:

  1. Boa tarde Margarida,
    Obrigada por ter publicado a minha história.
    Um beijinho e bom domingo.
    Emília

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É sempre com muito gosto, querida amiga.
      Um beijinhos grande

      Eliminar