20/08/12

Maria C Bruno e a tristeza


Atrás do sorriso sempre aberto para todos, ela escondia um segredo que ninguém desvendou. Espalhava alegria e entusiasmo por onde passava ria e brincava como uma criança. Fazia surgir de uma tempestade o mais belo arco-íris e sarava todas as dores. Invejada pelo optimismo, talvez criticada pelo aparente desprendimento das próprias e muitas mágoas, partiu com um pálido sorriso sem que alguém desconfiasse ser a rainha da tristeza, porque triunfou sobre ela, a vida toda, semeando alegria.

Maria C. Bruno