24/04/13

Nunca só



Entrei na livraria para... absorver títulos, visitar sinopses e rever o cheiro dos livros empilhados uns sobre os outros. Pensei eu que tinha entrado só, apenas comigo mesma, para visitar um mundo cheio de pequenos outros mundos que existiram na imaginação ou na vida de alguém. Na verdade, não entrei nem saí só. Dizem que aqueles que passam por nós não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.

Sandra Évora, 40 anos, Sto António dos Cavaleiros

Sem comentários:

Publicar um comentário