25/04/13

O Meu Fiel Amigo

Pertences ao meu passado. Invadiste a minha infância, em tantos livros que li. Livros de histórias felizes, que acabavam bem. Livros de aventuras, que fazíamos acontecer, levando-nos ao cansaço. Fizeste parte dos meus sonhos, brincaste comigo, demo-nos mimos.
Acompanhaste-me durante anos numa amizade profunda e fiel, povoaste a minha vida, brindando-me com tuas carícias incondicionais. Depois… Partiste…
Hoje na incerteza da tua demora, cansei-me de esperar, entrei neste livro onde tudo nos é possível – e vou-te buscar…

Graça Pinto, 54 anos, Almada

Sem comentários:

Publicar um comentário