25/04/13

Até que enfim


Até que enfim, já era grande. Só faltavam os dedos de uma mão para ir para a escola. Ia conhecer a professora e muitos meninos que iam ser os seus colegas de sala de aula. Quase não dormia de excitação.
A mãe chegou carregada com as compras. Compraria gomas? Espreitou, espreitou e… um livro. Tirou-o do saco e sentou-se, mesmo ali, no chão. Abriu-o, sentiu-lhe o cheiro a novo e folheou-o. Era o seu primeiro livro escolar!

Margarida Leite, 44 anos, Cucujães

Sem comentários:

Publicar um comentário