18/07/13

Equilíbrio

Há um, bem arriscado, sim, que se vê no trabalho circense.
Contudo, este sim, é o que tentamos equacionar para que o nosso dia seja dia sim. A saudação, até logo mãe, que trazemos no ouvido, eleva-nos o ego.
Sim, nada melhor para começar!
A nossa apresentação, cuidada como sempre, porque sim, gostamos de nós.
Isso sim é importantíssimo para o equilíbrio.
E, quando, no regresso, nos questionam "como correu o dia", respondemos que sim, foi óptimo. 

Arminda Montez, 75 anos, Queluz


Sem comentários:

Publicar um comentário