04/02/15

Palavras evadidas

A estante pareceu-lhe diferente. Situada lá no alto, raramente a olhava mas, naquele dia, algo lhe atraiu a atenção. Abriu todos os livros e deparou-se com páginas níveas, sem uma palavra que lhes maculasse a brancura. Todas tinham fugido. Não conseguiam mais continuar presas sem ninguém que as lesse. Tinham histórias, tinham ideias, queriam espalhá-las. O livreiro Freitas ainda conseguiu vislumbrar algumas que se escapavam pela frincha da porta, num bailado estonteante, como que a desafiá-lo. Apanhas-nos?

Ana Paula Oliveira, 54 anos, S. João da Madeira
Desafio nº 83 – texto sobre imagem de Francisca Torres

Sem comentários:

Publicar um comentário