30 dezembro 2015

Outros tantos!

Ele vem ele vai, com ele os cantos, os contos… e também com ele, a vida envolta de vidas e pedaços de tudo e de nada. Falava do Natal, das cartas que meninos escrevem, que meninos não sabem que se escreve e de meninos que nem papéis têm para escrever. Agora falo dele mesmo; do Pai Natal que também ele não sabe que existe de tanto existir em tantos e… de não existir em muitos outros tantos!

Lucrécia, 55 anos, Lisboa

Desafios nº 28 e 29 – Natal e Passagem de Ano

Sem comentários:

Enviar um comentário