12 janeiro 2016

Hipnose

Feche os olhos.
Imagine que está no cimo da escada.
Desça-a e conte os degraus.
Quando chegar ao fundo,
Pense numa lembrança agradável.
Então, não resistirá a uma tal hipnose.
De repente, encontrei-me sentado na esplanada do Barbas, gozando de um galão e um pastel. O sol brilhava e uma brisa soprava agradavelmente na cara. Sentia-me feliz, até dois piparotes expulsarem abruptamente o sonho.
Hilaridade na sala. Não percebi patavina quando o ilusionista me agradeceu a colaboração.

Theo De Bakkere, 63 anos, Antuérpia, Bélgica

Desafio RS nº 33 – uma história de enganos

Sem comentários:

Enviar um comentário