09 janeiro 2016

Tua chegada

Simplesmente apareceste
Chegas-te em plena madrugada
Teus olhos brilhavam no rosto cansado
Estavas esgotado da longa viagem e eu atónita
Revi a última conversa para tentar perceber o que originara esta mudança
Lembro-me do telefonema
Tu insistindo para vivermos juntos
Nunca disse sim mas tampouco disse não
Muito sinceramente nunca tive jeito para te dizer não
Para tudo se requer jeito e eu essa arte não domino

Carla Silva, 42 anos, Barbacena, Elvas

Desafio RS nº 32 – a arte de dizer não

Sem comentários:

Enviar um comentário