10 fevereiro 2016

Desafio Rádio Sim nº 34

Vamos hoje usar uma frase de Mia Couto, do seu livro
«Um rio chamado tempo, uma casa chamada terra»
É esta:
«O homem que vive em espanto deixa portas abertas no sonho.»
Que história vos surge ao ler isto? Podem usar a frase ou não.

Deixo-vos aqui a minha:
Vivia espantado, diziam. Não conseguia deixar de sentir que, a cada instante, o mundo se transformava de forma estranha, ou melhor, se transtornava de forma insana. Por isso, espantava-se com pequenas coisas, às vezes mesmo muito pequenas, como um sorriso trocado com carinho entre dois desconhecidos por nada, ou um abraço entre colegas depois de conseguirem, juntos, um feito. Por isso, sonhava muito. Sonhava com um mundo transformado sem transtornos, capaz entranhar, sem estranhar, uma outra sanidade.
Margarida Fonseca Santos, 55 anos, Lisboa

Desafio RS nº 34 – frase de Mia Couto

12 comentários:

  1. Que linda e profunda!Adorei! Acabei de te enviar! bjs, ótimo dia!chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desculpem a demora, hoje foi dia de trabalho longe. Vou começar agora a publicar.
      Que bom, Chica, que bom!
      Um grande beijinho

      Eliminar
  2. Adorei! Esta é das que eu gosto ;) envio minha em breve.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Belo desafio, belo texto o seu!
    Pensando.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada - a frase é linda...
      Um grande beijinho

      Eliminar
  4. Oi Margarida!

    Já, já envio a minha!!

    Beijo!

    Renata

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, amiga!
      Desculpem a demora, estou com um problema grave com um familiar e o tempo foge-me...
      Um grande beijinho

      Eliminar
  5. Muito bem Margarida depois de ler esta bela criatividade/inspiração, vou levar e trabalhar.
    Show amiga como sempre.
    Boa semana de paz e luz.
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa, vamos a isso!
      Obrigada, um grande beijinho

      Eliminar
  6. Boa noite Margarida,
    A sua história ficou linda e como sempre muito criativa.
    (Enviei a minha hoje e adorei o título que a Margarida lhe atribuiu).
    Um beijinho e muito obrigada.
    Emília

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Emília. Foi fácil, gostei muito do texto!
      Beijinhos grandes

      Eliminar