11 abril 2016

Consegui!

Pela noite dentro, saudosa, sentia-me miserável. Aninhava-me devagarinho. Sentia-me abraçando anunciadas recordações. Havia vazios… Solidão. Havia apenas solidão. Onde estás? Onde estou? Decididamente desencontrados. Percorria lembranças. Perdida, vagueava. Buscava-te. Nosso desejo morrera. Sozinha, quedei-me. Agonizava desabitada. Gemia apenas imensas saudades. Derretia, lamuriava desesperos. Senti-me esmagada. A ti, não mais podia voltar. Vivi presa! Pensei. Desejava-me desamarrada! Liberta. Poderia sentir-me descativa? Desalojando simplesmente desassossegos? Esquecendo recordações? Talvez… Valia tentar. Acreditei. Deixei-te. Encontrei-me! Consegui! Reconquistei-me. Agora guardo somente venturas!

Amélia Meireles, 62 anos, Ponta Delgada
Desafio Rádio Sim nº 36 – frases com palavras de nº de letras crescente


Sem comentários:

Enviar um comentário