25/01/18

Maria do Céu Ferreira ― escritiva 27

Água na boca
Recordo com nostalgia
Alguns cheirinhos antigos,
Sinto, ainda, essa magia,
Esse apelo dos sentidos…

As peras grandes de mais,
Postas a amadurecer
Em caixas de cereais,
Para mais tarde comer;

O cheirinho das maçãs,
Tão perfeitas e rosadas,
Bonitas que nem romãs,
E uvas dependuradas;

Aquela maravilhosa,
Saborosa marmelada
E a geleia cheirosa,
Vermelhinha… delicada;

Esse recheio odorante
Fazia ornamentação,
Tornando estimulante
Aquele grande salão.

Abelhas em contradanças
Perseguiam o odor…
Traquinices de crianças
Partilhavam o sabor. 
Maria do Céu Ferreira, 62 anos, Amarante
Escritiva nº 27 - cheiros


Sem comentários:

Publicar um comentário