20/01/18

Paula Castanheira ― desafio 133

Havia janelas a fugirem-lhe pelas costas
Raízes a rebentarem-lhe nos pés, em direção à terra
Caminhos, estradas, pontes, rios a encherem-se de silvas
Dedos, muitos dedos a apertarem-lhe a garganta
Gritos, tantos gritos a abafarem-se nas entranhas
Cabelos adormecidos a soltarem-se da raiz
Terramotos a tremerem-lhe nos joelhos
Espinhos, muitos espinhos a cravarem-se na língua
 Cascatas de dentes tombados num mar de sangue
As pernas bambas, pendendo sobre a vida
Acordou mergulhada em suor, confusa, perdida, vazia!
Paula Castanheira, 53 anos, Massamá
Desafio nº 133 ― cair nas silvas


Sem comentários:

Publicar um comentário