24 julho 2018

Celeste Bexiga ― desafio 145


Esquina de Rua
Andas sozinha nas ruas de Lisboa.
A noite é tua companheira.
Procuras alguém que te procura, para mais uma noite de triteza.
Fugiste ao amor, ou ele fugiu-te.
Vida de solidão, vida de mágoas.
Mais triste ainda, se encontras quem procuras, aí é o vazio de teres alguém 
que quer o teu corpo, e não te quer.
Aí o frio do teu corpo é gelo em brasa!
Queres apenas fugir desesperada.
Sonhar, o sonho de ser mãe.
Celeste Bexiga, 68 anos, Alhandra
Desafio nº 145 ― o dia/noite começou quando… (adaptado)

Sem comentários:

Enviar um comentário