23/09/18

Paula Castanheira ― escritiva 36


― Meus caros, chegámos a um ponto sem retorno! O stock parado em armazém é o nosso ponto fraco.
― Dr. Gaspar, tudo depende do ponto de vista.
Todos olharam para Bonifácio, como se ele fosse um ponto de mira.
― A rotação de stock baixou nove pontos percentuais. Não lhe parece grave?
― Permitam-me.
Bonifácio determinado, avançou para o flipchart e mostrou ponto por ponto, o plano, que viria a ser o ponto de viragem da ‘Gaspar e Filhos Lda’.
Paula Castanheira, 54 anos, Armona, Algarve
Escritiva nº 36 ― os «pontos» na história

Sem comentários:

Publicar um comentário