30 novembro 2018

Helena Rosinha ― desafio 117

Ângela, a nova aluna, sentava-se ao meu lado. Eu afastava-me quanto podia. Afastávamo-nos todas. Até a excluímos da festa anual; assistia apenas aos ensaios. Quando Carlota adoeceu, impedida de cantar, Ângela ofereceu-se para a substituir. Rimos, tão ridículo era! Mas a professora escutou-a. Escutámos todas, sentido-nos pequeninas perante a generosidade, a grandiosidade de Ângela, “aquela, com psoríase!” Envergonhadas do comportamento injustificável, cruel, rodeámo-la num abraço que, não nos redimindo, expressava aceitação, quebrava o preconceito.
Mais abraços precisam-se.
Helena Rosinha, 66 anos, Vila Franca de Xira
Desafio nº 117 – uma história para ajudar a combater a psoríase

Sem comentários:

Enviar um comentário