07/12/18

Teresa Fontinha ― desafio 156


Uma história e, simultaneamente, uma terna recordação de infância!  
Cresci numa quinta, rodeada de muitos animais, entre eles uma mula  
castanha. Era elegante e muito meiga, filha de uma égua, a quem dava  
ares, e de um burro. Descobri novinha que as mulas não têm filhos, o  
que muito me sensibilizou, tanto que o meu irmão mais velho, quando  
queria irritar-me, bastava chamar-me o nome desse animal e logo eu  
gritava:
― Mula não! Eu quero ter filhos!
Teresa Fontinha, 44 anos, Faro
Desafio nº 156 – hist de animais sem P

Sem comentários:

Publicar um comentário