06 fevereiro 2019

Ana Seixas Silva ― desafio 162

Vivia na terra do nunca e voava pelos céus.
Para o encontrar, já todos sabiam, bastava virar na terceira nuvem à esquerda e, sem surpresa, lá estava o Capitão Gancho com a sua perna de pau, no seu navio, e ao fundo: ele com o seu sorriso.
Esperava-o, pela noite, sentada na janela do telhado da casa da minha avó.
Éramos os melhores amigos, vivíamos aventuras inesquecíveis: caminhávamos juntos sobre as pedras e voávamos ― inseparáveis ― pela imaginação.
Ana Seixas Silva, 45 anos, Nelas
Desafio nº 162 ― pedra, nuvem, terra e lenha como indutoras

Sem comentários:

Enviar um comentário