06 fevereiro 2019

Maria Reis ― desafio 162


O caminho das pedras sempre lhe causava uma enorme angústia, deixando-a
como que perdida naquela terra distante, onde todos a olhavam como a uma 
intrusa... mas era o único meio para chegar à gruta onde construíra o seu 
refúgio... aí podia atear a fogueira, que lhe devolveria alguma tranquilidade
no crepitar da lenha a arder. Sabia que, por fim, adormeceria e seria transportada
para lá das nuvens em sonhos devastadores, vivos e... estaria numa outra dimensão... interna!
Maria Reis, 47 anos, Caldas da Rainha
Desafio nº 162 ― pedra, nuvem, terra e lenha como indutoras

Sem comentários:

Enviar um comentário