19/03/19

Celeste Silva ― desfio 166


Elias Tolo (de tolo nada tinha), vivia feliz na serra. Descia apressadamente aquela encosta. Era pobre, usava gorro, botas rotas.
Possuía olhar aceso, meigo. Jovem com ar puro, tosco, a tapar sua exata idade.
Figura caramujeinha altamente conhecida.
É a base de todo o idoso que ali mora. Satisfaz afectuosamente necessidades básicas.
Será por isso que tem o nome de «tolo»? Recuso, renego, repugnante afirmação.
Tolos são todos os que não sabem: esta idade um dia virá! 
Celeste Silva, 55 anos, Gondomar
Desafio nº 166 – Elias de Caramuja