12/04/19

Carla Silva ― desafio 165


Imprevisto
Naquela tarde chuvosa estava Clotilde completamente absorta imaginando como e quando tudo começou a desabar. Nada previra tal desfecho. É que, tirando um ou outro arrufo mais aceso, tudo corria normalmente. Nem Gervásio mostrara em ocasião alguma descontentamento algum.
Ela sabia que tudo terminava, mas daí a chegar àquele ponto ia uma grande distância. Nunca imaginara que por uma discussão idiota deixaria o quadro de empregada do mês para fazer parte do quadro do centro de emprego.
Carla Silva, 45 anos, Barbacena, Elvas
Desafio nº 165 – estrutura de palavras

Sem comentários:

Publicar um comentário