21/05/20

Amália da Mata e Silva ― desafio 203


Era uma vez o Artur que precisava aprender a estar com outros meninos. Foi para a escola. Não tinha irmãos, nem primos. Era um rapazinho dócil, curioso e hábil mas, só usava o lápis azul.
A psicóloga, não acha normal mas, observando o menino, nada encontra de anormal.
A mãe, não acha estranho. “É uma cor tão bonita!”
A educadora estranha: “A relva e as árvores, azuis?”
Mas, qual o risco do mundo das crianças, ser azul?
Amália da Mata e Silva, 65 anos, Vila Franca de Xira
Desafio nº 203 risco + 6 palavras

Sem comentários:

Publicar um comentário