30/06/20

Celeste Bexiga ― desafio 18

Avó
Com extrema tristeza, minha avó muito amada foi embora.
Chorei aquela velhinha....
Olhos azuis, bolsos cheios de rebuçados, para ela, e para as crianças.
Amava-me com ternura.
Pequenina, vestida de preto, como é hábito no Alentejo.
Os olhos brilhantes, faziam esquecer o preto da roupa.
O avô Zé, forreta.
Espertíssima fazia tudo como queria.
As vizinhas vinham pedir-lhe qualquer coisa, piscava o olho ― venham mais logo! ― elas sabiam que o avô Zé tinha chegado.
Saudade avó.
Celeste Bexiga, 68 anos, Alhandra
Desafio nº 18 – palavras proibidas: não que mas pois como verbos: estar + ser

Sem comentários:

Publicar um comentário