28/06/20

Daniela S ― desafio 41

Tenho imensa arte para dar e vender, mas não me dão muita importância, com o passar do tempo vou-me dando valor e aprendendo que se não fizer por mim, ninguém o fará, se não correr atrás do que quero, não chego a lado nenhum. Em cada arte expresso muito os meus sentimentos, a minha cultura e continuo com a minha deambulação maluca por cidades e tento observar como as pessoas lidam e observam a arte pura.
Daniela S., 18 anos, Escola Gustave Eiffel – Venda Nova, Turma 544, Leceia, prof. Isabel Fortunato
Desafio nº 41 – a propósito do Dia do Livro

Sem comentários:

Publicar um comentário