12/07/20

Isabel Lopo – desafio 212

No verde do meu jardim
paira o silêncio no ar,
a luz da manhã a brilhar,
a noite de estrelas sem fim.
É quando pressinto teus passos
as sombras da noite a rasgar,
marcando a terra de traços 
trazem fome de me amar.
Deixo a porta escancarada
só para te ouvir respirar
e vejo a luz da madrugada 
curiosa a querer espreitar...
É secreta a nossa dança 
não há como a desvendar:
"Um milagre guardado na esperança."
Isabel Lopo, Algarve
Desafio nº 212 ― Frase de Valter Hugo Mãe

Sem comentários:

Publicar um comentário