09/10/20

Fernanda Malhão – desafio 144

O perdão é libertador

Ia somando mágoas, e depois ficava ali a remoê-las, e quanto mais remoía mais doía. Era incapaz de perdoar, não entendia que o pior mal que fazia era a ela própria, não percebia que era isso que a fazia deprimir. Era um círculo vicioso, quanto mais magoada, mais depreciava quem estava ao seu redor, e isso fazia com que não privasse a companhia de ninguém e retomava ao princípio. Quando a empresa foi privatizada ficou absolutamente sozinha.

Fernanda Malhão, 44 anos, Gondomar

Desafio nº 144 ― 10 verbos com certas características

Sem comentários:

Publicar um comentário