07/12/20

Fernanda Malhão – desafio 203

Tempestade de ideias

Não sabia bem por onde começar, sentou-se no sofá de lápis e caderno na mão, pôs a tocar sua sinfonia preferida, deixou a imaginação fluir, fez um risco, desse risco saiu uma seta, que o levou do problema, ponto A, à primeira ideia, ponto B. Assim foi traçando caminhos, caminhos que tinham a sua marca. Deixou as ideias saírem sem limites, sem julgamentos e passado alguns minutos, quando olhou para a folha tinha encontrado várias possíveis soluções.

Fernanda Malhão, 44 anos, Gondomar

Desafio nº 203 – risco + 6 palavras