30 junho 2016

Decide-te!

chuva não parava e o vento soprava! Estávamos na rua, eu vestida de azul e ele de vermelho. O amor acontecia e nem o frio o arrefecia. Olhávamo-nos insistentemente, esperando o autocarro. Lá longe, aproximava-se e ele nada dizia. Ouvia-se a travagem e sentia que nunca mais o veria. Decide-te. Decide-te!, pensava eu, enquanto a temperatura do meu corpo catapultava. Estava ansiosa. Muito ansiosa. Vi-o aproximar-se e subir o degrau. Sentou-se ao meu lado. Meteu conversa.
Fátima Fradique, 42 anos, Fundão

Desafio Escritiva nº 3 – texto com: chuva, vento, amor, azul, vermelho e rua

Sem comentários:

Enviar um comentário