21/09/14

O trim...

– Ai a terrinha… sabes?, é por isso que acho o teu nome tão bonito, terrina.
– Pois, se eu me chamasse garfo também acharia.
– Não sejas assim, olha que não deixaram cá mais ninguém para falar contigo, até as tuas queridas saladeira e molheira já partiram.
– Também queres que te fale das colheres e das facas, é? … Porque é que tu ficaste aqui, afinal?
– Foi o destino, eu ia voltar para a cozinha quando o telemóvel fez trim.

Ana Rita, 23 anos, Porto

Desafio nº 62 – dois objectos, numa prateleira cheia de pó, conversam