23 fevereiro 2016

E, o comboio prosseguia…

De mala e pasta na mão,
Com os livros carregada,
Sempre a correr para as aulas
Que o comboio não esperava!

Uma senhora ao vê-la
Tão cansada e afogueada,
Com um gesto de carinho,
O lugar ao lado dava!

– Oh menina, sente-se aqui...
Vai estudar sempre apressada?
– Já não estudo, vou dar aulas
E não posso ir atrasada!

E, o comboio apitava,
E toda a gente prosseguia
E, o que diziam os outros,
Nenhum de nós saberia!

Maria do Céu Ferreira, 60 anos, Amarante
Desafio Escritiva nº 5 – cruzar comboios


Sem comentários:

Enviar um comentário