26/12/17

Lília Tavares ― desafio 116

O nome do Zé Júlio anda sempre no ar.
“Ó Zé Júlio, vem cá ver a vaca que está coxa!” Lá corre ele para o curral.
Poucos sabem que aquele era o nome do avô do pai do Zé Júlio. Era pessoa prezada lá na aldeia, pois era médico. E se era bondoso…
Aos pobres não levava nada nem pelo parecer nem pelos remédios.
O moço parece sair ao bisavô, dizem as idosas sorrindo ao vê-lo.
Lília Tavares, 56 anos, Oeiras
Desafio nº 116 – Zé Júlio sem T nem H