30/01/19

Maria Silvéria dos Mártires ― desafio 162


Num descampado
Lenha ardia numa chama crepitante num chão de terra
envolvida por pedras que circundavam o espaço.
Porém as nuvens ameaçavam que uma carga de água se avizinhava.
Os ciganos aqueciam-se à volta do fogo e temiam ficarem à mercê
das intempéries sem qualquer proteção.
Mas parece que nada é em vão. As nuvens dissiparam-se
e o sol rompeu no firmamento trazendo aquela gente a alegria de uma carícia um afago deste que quando nasce é para todos.
Maria Silvéria dos Mártires, 72, anos Lisboa
Desafio nº 162 ― pedra, nuvem, terra e lenha como indutoras

Sem comentários:

Publicar um comentário