24/04/19

Grandes miúdos de hoje


Elias Tolo, era um velho que vivia numa rua perto de uma fonte.

Contudo, adorava estar sozinho. A não ser a sua neta, Elias não tinha tempo para mais nada. Elias adorava muito Maria.
Ela era a sua flor. Todos sabiam desta relação. Ele era um tolo e como vivia numa vila, Maria às vezes não ia vê-lo por não ter tempo.
Mesmo assim adoravam-se muito! E o seu amor de avô e neta era muito grande!
Maria Mota, 15 anos, Lisboa
Desafio nº 166 – Elias de Caramuja

Sou um bule rachado, sou...Sou matreiro e tenho tampa.
O meu dono faz-me ficar enraivecido quando me enche de água muito quente, que me faz ficar em fogo. Quando ele me tira a tampa, até me escondo! A mão dele sobe para agarrar a minha asa e eu fico assustado. Entretanto o chá chega-me ao bico e, quando esvazio, fico descontraído por voltar a ficar frio.
Ao contrário de muitas pessoas, no inverno, não me agasalho, porque sou bastante quente.
Tomás R, 5.º Ano, Colégio Verde Água, Mafra, prof Noémia Jorge
Desafio nº 4 – começando a frase “Sou um bule rachado, sou”

Sem comentários:

Publicar um comentário