10/09/19

Desafio nº 184




O que vos peço hoje é isto:
Que monólogo se ouve, à noite, neste monte de lena?
Quem fala é o toro assinalado a amarelo.
Deixem-me «ouvir» os vossos monólogos!




O meu saiu assim:
És muito engraçadinho, és, só porque vieste de um terreno fino de árvores alinhadas. Cai na real! O temporal atirou-vos todos ao chão, ninguém escolheu o destino. Fosses como eu, um mísero arbusto de fraca linhagem a tentar chegar ao sol no meio de eucaliptos, uns peneirentos que crescem mais depressa que os outros. Sufoquei, ouviste? Anos a fio. E tira essa farpa da minha casca, que me magoas. Sim, estou a falar contigo, burro! Anda, desvia-te!
Margarida Fonseca Santos, 58 anos, Lisboa

Desafio nº 184 ― monólogo de lenha