27/05/20

Paula Castanheira ― desafio 208

Que era o amor até lhe ter nascido o Pedrinho?
Contemplava aquela figura minúscula, colada à janela da sala. Como tinha crescido o seu menino!
Quando se mudaram para esta casa ainda só gatinhava e agora ali estava ele, atento, a sorver cada detalhe do mundo lá fora.
Queria-o sempre assim criança, a requisitar-lhe colo e beijos. E, no entanto, desejava que ele crescesse. Se fizesse homem feliz.
Se lhe pudesse explicar o que era ser adulto…
Paula Castanheira, Massamá
Desafio nº 208 ― fotog menino à janela

Sem comentários:

Publicar um comentário