28/06/20

Bruno N ― desafio 41

Moro nesta vila mais de 10 anos, e enquanto atravesso as suas ruas, observo tudo à minha volta e prevalece um sentimento de paz, enquanto deambulo. A cultura da minha vila não é muito relevante, mas no que toca à arte, está cheia dela. Paredes pintadas com graffitis trabalhados e azulejos detalhados no chão. Dou valor a este tipo de arte, porque aprendi com vários comentários, que a arte, seja boa ou má, será sempre criticada.
Bruno N., 18 anos, Escola Gustave Eiffel – Venda Nova, Turma 544, Carnaxide, prof. Isabel Fortunato
Desafio nº 41 – a propósito do Dia do Livro

Sem comentários:

Publicar um comentário