15/06/20

Fernanda Malhão ― desafio 27

Muitos audazes lançam-se na incógnita imensidão do mar, seguem rumo sem saber o que podem encontrar, e por isso erram tantas vezes as suas rotas, as suas previsões. O mar é incerto, uns dizem que é traiçoeiro, mas na verdade, não percebem que somos ninguém perante tamanha força da natureza.  Que digam os pescadores em meio a tempestades, onde as ondas e o vento serram as esperanças de poder voltar ao porto e arremessar as suas âncoras.
Fernanda Malhão, 44 anos, Gondomar   
Desafio nº 27 – palavras que crescem (em anagrama)

Sem comentários:

Publicar um comentário