23/05/20

Theo de Bakkere ― desafio 208

Por um instante
Desde que a senilidade a agarrara, ela andava num vaivém, da mesa à janela e da janela à mesa.
― Anda cá, querida! Teu filho só te vem visitar à tarde, e ainda não bebeste chá.
A enfermeira obrigou-a a comer, senão ela ia logo para o caixilho.
À tarde não reconheceu o filho, chamava-o pai.
Ora, por um instante, ela foi aquela criança feliz de antigamente, quando também estava à janela à espera do tão querido pai.
Theo de Bakkere, 68 anos, Antuérpia, Bélgica
Desafio nº 208 ― fotog menino à janela

Sem comentários:

Publicar um comentário