13/07/20

Theo De Bakkere – desafio 213

Um nó marcante
É uma regra não escrita que crianças, graças à sua rica fantasia, podem observar marcianos. O que mesmo aqueles ufologistas ainda não conseguiram, embora eles vejam em tudo ÓVNIS.
Nunca se sabe, cada contacto será examinado, também o relato do menino que hospedara um alienígena no sótão. Descreveu-o assim: cabeçudo com olhos castanhos, nariz amplo, sorriso amável e um pescoço extremamente longo. Os pesquisadores, todos adultos, encontravam ninguém, salvo um nó marcante numa das tábuas da parede.
Theo De Bakkere, 69 anos, Antuérpia Bélgica
Desafio nº 213 – imagem de madeira

Sem comentários:

Publicar um comentário